escoladatopografia 400x100

Partes que compõe um drone

partes drone

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Partes que compõe um drone

Você conhece todas as partes de um Drone? Não?! Então continue aqui que vamos detalhar cada parte e sua função para o equipamento!

Motor

O motor é responsável, basicamente, por converter a energia provinda da bateria em energia mecânica, permitindo a movimentação do veículo.

O mais utilizado atualmente é do tipo Brushless.

Para a operação do motor Brushless, é requerido um Controlador Eletrônico de Velocidade (ESC).

Os ESCs são encarregados de enviar sinais elétricos da placa controladora até o motor.

Hélices

Nos quadricópteros, normalmente se utilizam hélices com formatos diferentes e em pares, duas que giram em sentido horário e duas em anti-horário. Desse modo, torna-se possível a estabilização do multirotor no ar.

Cada hélice gira empurrando o ar para baixo, criando uma área de menor pressão sobre a hélice, e uma área de pressão mais alta abaixo dela, resultando em uma diferença de pressão que empurra o drone para cima.

Placa Controladora de Voo

Nesse dispositivo se encontram diversos sensores importantes para a estabilização do drone, como o acelerômetro, barômetro e os giroscópios.

Este é o cérebro do drone. A controladora de voo recebe informações do módulo de GPS, da bússola, dos sensores de obstáculos e do controle remoto, e processa todas essas informações que são repassadas aos ESCs para controlar os motores.

GPS

O módulo GPS utiliza as redes globais de posicionamento para determinar a posição geográfica do veículo.

Porém, quando se requer maior precisão e confiabilidade nos dados geográficos, deve-se empregar outras técnicas.

Como o Real Time Kinematic (RTK) ou o Post-Processed Kinematic (PPK), por exemplo, que adotam processos de correção de coordenadas.

Bateria

A bateria tem a função de armazenar e fornecer energia para outros componentes durante o funcionamento do drone.

Essa característica influencia diretamente na autonomia do drone, ou seja, no tempo máximo de voo sem necessidade de recarga.

>> Leia também: GNSS Sistemas Globais de Posicionamento por Satélite

Sensores anticolisão

Permitem a detecção de objetos próximos e a prevenção de impactos garantindo a segurança durante o voo.

Antenas e Bússolas

No drone temos também bússolas (compass), que fornecem sua direção para a controladora de voo.

E as antenas de transmissão, que enviam informações do drone para o controle e do controle para o drone.

Gimbal

É por causa dele que as imagens da câmera ficam tão estáveis. Quando os sensores detectam um movimento em qualquer um dos eixos, os motores exercem um movimento contrário para neutralizá-lo.

Câmera

Utilizada para a captura de imagens, gravação de vídeos, navegabilidade do veículo e, inclusive, pode ser empregada para o sensoriamento remoto.

Frame

É o componente estrutural de um drone. É responsável por fixar as demais peças, bem como suportar as cargas e esforços atuantes durante o voo. Seu formato e peso influenciam diretamente no desempenho aerodinâmico do drone.

Rádio Controle

O rádio controle é o componente com o qual o piloto tem contato direto no decorrer do voo. Ele possibilita que os comandos efetuados no manche sejam convertidos em movimentos do drone no espaço aéreo.

No Curso de Topografia com Drones, você terá contato com toda teoria que envolve este método de levantamento de dados, irá aprender a criar um planejamento de voo eficiente e que evita o seu retrabalho, além da correta execução de um voo e o processamento dos dados obtidos em campo até o resultado final que será entregue ao seu cliente.

Domine os projetos de Topografia Com Drones de forma 100% online, em poucas horas, e comece a lucrar reduzindo seus custos e aumentando sua produtividade em até 50%

>> Saiba mais em: Curso Topografia com Drones

escoladatopografia

2020 Escola da Topografia | Todos os direitos reservados.

×

 

Olá!

Aperte No Botão Abaixo Para Tirar Sua Dúvida!

× Como Posso Te Ajudar?